Theme Support

Unordered List

Recent Posts

Page Rank


PageRank

MANUTENÇÃO DO WINDOWS

1 - Faça desfragmentação de disco sempre:

Faça desfragmentação de disco em todas as partições de seu computador ao menos uma vez por mês. Isso evita problemas no HD e deixa o acesso aos dados mais rápido. Se seu HD for muito grande, como por exemplo, de 80 GB, você pode fazer a desfragmentação durante a madrugada ou num período em que você não esteja usando o computador. Para usar o Desfragmentador de Disco do Windows, vá em Iniciar / Programas / Acessórios / Ferramentas do Sistema / Desfragmentador de disco.

2 - Ajuste a memória virtual do Windows:

A memória virtual é uma parte do disco rígido usado pelo sistema para armazenar dados excedentes da memória RAM. Uma boa sugestão é deixar que a memória virtual tenha pelo menos 256 MB se você for usuário dos Windows 9x/Me. Para as versões posteriores, o mínimo recomendável é 384 MB. Para ajustar a memória virtual no Windows 9x/Me, clique com o botão direito do mouse em Meu Computador e selecione Propriedades / Desempenho / Memória Virtual. Altere os tamanho Máximo e Mínimo para o valor desejado (recomendável que ambos os valores sejam iguais). No Windows 2000/XP, o caminho é semelhante: Propriedades / Avançado / Desempenho / Configurações / Avançado / Memória Virtual.

3 - Livre o sistema de arquivos desnecessários:

Durante um determinado tempo de uso, o Windows armazena muitos arquivos temporários que passam a ser "lixo" no sistema. São arquivos com extensão .bak, .tmp, .chk, entre outras. Você pode excluir esses arquivos com segurança, através de programas como o gratuito Easy Cleaner (disponível na seção Downloads). Também é possível usar o programa Limpeza de disco do Windows. Sua função é apagar os arquivos de pastas de conteúdo temporário. Para acessá-lo, vá em Iniciar / Programas / Acessórios / Ferramentas do Sistema / Limpeza de disco. O Internet Explorer também costuma armazenar muitos arquivos temporários. Para eliminá-los, abra o navegador e vá em Ferramentas / Opções da Internet / Excluir arquivos. Marque a opção Excluir todo o conteúdo offline. Com isso, os arquivos temporários e o cache de páginas da Internet serão excluídos e deixarão o sistema "mais leve".

4 - Limpe o registro do Windows:

Fazer a manutenção periódica do registro do Windows ocasiona melhor desempenho ao sistema e ajuda a evitar o surgimento de problemas mais graves. O utilitário citado acima, Easy Cleaner, faz um excelente trabalho neste sentido, tirando do Registro entradas inválidas. Já o utilitário RegClean, da Microsoft, corrige erros e otimiza o Registro. O RegClean é gratuito e pode ser baixado em sites da Microsoft.

5 - Não instale programas em excesso:

Não é recomendável instalar muitos programas no Windows (por exemplo, instalar 2 ou 3 programas para a mesma finalidade), a não ser que você realmente os use. Quanto mais softwares você instalar, mais entradas no Registro do Windows serão criadas e mais arquivos serão instalados. Se um programa não for bem desenvolvido, sua desinstalação pode causar problemas ao sistema. Além disso, há muitos programas que são ativados na inicialização do sistema. Quando isso ocorre, recursos de memória e processamento acabam sendo usados (muitas vezes desnecessariamente). Antes de instalar um programa, tenha certeza de sua finalidade e procure por opiniões na Internet a respeito do mesmo.

MANUTENÇÃO DO WINDOWS

1 - Faça desfragmentação de disco sempre:

Faça desfragmentação de disco em todas as partições de seu computador ao menos uma vez por mês. Isso evita problemas no HD e deixa o acesso aos dados mais rápido. Se seu HD for muito grande, como por exemplo, de 80 GB, você pode fazer a desfragmentação durante a madrugada ou num período em que você não esteja usando o computador. Para usar o Desfragmentador de Disco do Windows, vá em Iniciar / Programas / Acessórios / Ferramentas do Sistema / Desfragmentador de disco.

2 - Ajuste a memória virtual do Windows:

A memória virtual é uma parte do disco rígido usado pelo sistema para armazenar dados excedentes da memória RAM. Uma boa sugestão é deixar que a memória virtual tenha pelo menos 256 MB se você for usuário dos Windows 9x/Me. Para as versões posteriores, o mínimo recomendável é 384 MB. Para ajustar a memória virtual no Windows 9x/Me, clique com o botão direito do mouse em Meu Computador e selecione Propriedades / Desempenho / Memória Virtual. Altere os tamanho Máximo e Mínimo para o valor desejado (recomendável que ambos os valores sejam iguais). No Windows 2000/XP, o caminho é semelhante: Propriedades / Avançado / Desempenho / Configurações / Avançado / Memória Virtual.

3 - Livre o sistema de arquivos desnecessários:

Durante um determinado tempo de uso, o Windows armazena muitos arquivos temporários que passam a ser "lixo" no sistema. São arquivos com extensão .bak, .tmp, .chk, entre outras. Você pode excluir esses arquivos com segurança, através de programas como o gratuito Easy Cleaner (disponível na seção Downloads). Também é possível usar o programa Limpeza de disco do Windows. Sua função é apagar os arquivos de pastas de conteúdo temporário. Para acessá-lo, vá em Iniciar / Programas / Acessórios / Ferramentas do Sistema / Limpeza de disco. O Internet Explorer também costuma armazenar muitos arquivos temporários. Para eliminá-los, abra o navegador e vá em Ferramentas / Opções da Internet / Excluir arquivos. Marque a opção Excluir todo o conteúdo offline. Com isso, os arquivos temporários e o cache de páginas da Internet serão excluídos e deixarão o sistema "mais leve".

4 - Limpe o registro do Windows:

Fazer a manutenção periódica do registro do Windows ocasiona melhor desempenho ao sistema e ajuda a evitar o surgimento de problemas mais graves. O utilitário citado acima, Easy Cleaner, faz um excelente trabalho neste sentido, tirando do Registro entradas inválidas. Já o utilitário RegClean, da Microsoft, corrige erros e otimiza o Registro. O RegClean é gratuito e pode ser baixado em sites da Microsoft.

5 - Não instale programas em excesso:

Não é recomendável instalar muitos programas no Windows (por exemplo, instalar 2 ou 3 programas para a mesma finalidade), a não ser que você realmente os use. Quanto mais softwares você instalar, mais entradas no Registro do Windows serão criadas e mais arquivos serão instalados. Se um programa não for bem desenvolvido, sua desinstalação pode causar problemas ao sistema. Além disso, há muitos programas que são ativados na inicialização do sistema. Quando isso ocorre, recursos de memória e processamento acabam sendo usados (muitas vezes desnecessariamente). Antes de instalar um programa, tenha certeza de sua finalidade e procure por opiniões na Internet a respeito do mesmo.
←  Anterior Proxima  → Inicio

Total de visualizações

Seguidores